Quer Inovar Sua Empresa? Conheça 5 Passos

xr:d:DAFMbJW9nqE:22,j:39864693016,t:22110311

As empresas que não inovam estão fadadas ao fracasso. Para não desaparecer e continuar a existir, a empresa deve se atualizar imperativamente. Para ajudá-la com isso, ela pode contar com o processo de inovação.

Este conceito designa um conjunto de métodos que permitem mudanças, optando por uma abordagem inteligente. Para estimular a criatividade, este processo conta com o usuário, aproveitando as especificidades de suas necessidades.

Desse modo, a empresa tem todos os recursos para criar novos produtos e serviços inovadores. Saiba a seguir o que fazer para trazer inovação a sua empresa!

Por que inovar sua empresa?

Para converter uma boa ideia em resultados concretos, é necessário analisá-la, planejar sua realização em um produto e implementar processos para poder apostar na inovação.

Ideias inovadoras, portanto, não são suficientes, você tem que ir além e ser capaz de implementá-las, o que envolve recursos financeiros, tempo e habilidades. Em outras palavras, para poder inovar, é necessário um modelo de negócio eficaz, dar-se os meios para impulsionar a inovação, seja ao vivo ou delegando ao pessoal competente.

Na base da inovação estão as necessidades e os meios para respondê-las… Os clientes estão melhor posicionados para conhecer suas necessidades, sendo a fonte de novas ideias (às vezes malucas, perturbadoras, recorrentes, etc.).

Eles são os motores da inovação da sua empresa. Muitas empresas acreditam que «o fortalecimento da fidelidade do cliente» e a «aquisição de novos clientes» são ambos os principais argumentos de inovação.

A inovação não cai do céu, vem de um processo novo. Em vários estudos consultados, a maioria das empresas entrevistadas implementou processos para medir os resultados de seus projetos inovadores.

No entanto, na Google, uma empresa inovadora por excelência, cada empregador é incentivado a apresentar um projeto inovador. Imaginamos que a maioria não tem sucesso, mas aqueles que têm permitem que a empresa bagunce o mundo da internet o tempo todo.

A seguir, apresentaremos 5 passos para você que quer inovar:

1. Desencadeie empatia com seus clientes para inovar

“Conheça-se e conhecerá o universo e os deuses”. Esta citação que data da antiguidade e está inscrita no frontão do Templo de Delfos resume perfeitamente bem a primeira etapa do processo de inovação. Isso consiste em despertar empatia colocando-se no lugar do cliente.

Além de interagir com ele, questioná-lo sobre suas necessidades, levar em conta seu feedback, a empresa terá que observá-lo evoluir em seu ambiente para melhor entender seus desejos.

Por fim, abordar um problema de uma perspectiva diferente é a chave para encontrar uma resposta com um novo conceito.

2. Dê respostas concretas, resolvendo os problemas dos clientes

A partir da análise das respostas dos clientes, a empresa deve ser capaz de identificar seus problemas. O objetivo? Dar-lhes soluções relevantes para que se aproximem das suas necessidades.

Nesta segunda etapa do processo de inovação, a empresa pode se fazer esta pergunta: como poderíamos melhorar a satisfação do cliente, trazendo-lhes algo novo? A partir da resposta, é possível explorar diferentes caminhos para encontrar ideias inovadoras.

3. Gere novas ideias para inovar em novos produtos

A criatividade é a pedra angular do sucesso empresarial. E para inovar com sucesso, não hesite em pensar fora da caixa e quebrar os códigos. Mas como encontrar uma ideia inovadora? Para isso, a empresa pode usar vários métodos:

O brainstorming: é certamente o método mais popular para despertar a criatividade e gerar ideias. Essa técnica consiste em reunir equipes multidisciplinares (designers, gerentes de projeto, desenvolvedores, etc.) para trocar oralmente com o objetivo de explorar as melhores soluções;

Tirar o melhor partido do pior: a partir de uma ideia que parece totalmente absurda, a empresa pode desenvolver uma solução original para se destacar da concorrência. Para conseguir, terá de se contentar em explorar as ideias mais malucas;

Por fim, mapeamento mental: com este outro método, várias ideias são representadas graficamente em torno de uma ideia central. Este esquema heurístico ou mapa mental permite visualizar melhor as suas ideias e associá-las entre si, organizando-as por ramos.

4. Crie protótipos para validar suas ideias

Depois de selecionar as melhores ideias para lançar novos produtos, eles devem ser materializados. A etapa de prototipagem é crucial para validar o design, o funcionamento, a qualidade e as características de um produto.

Em seguida, esta quarta etapa do processo de inovação permite recolher opiniões, interagir com o produto, ajustar as ideias e identificar erros de design. Após a fabricação de vários protótipos, a empresa pode selecionar os modelos mais promissores e passar para a fase de teste.

5. Teste o conceito para uma inovação bem-sucedida

O teste do produto é o quinto e último passo no processo de inovação. O Objetivo? Melhorar as soluções finais a partir das opiniões dos utilizadores. Portanto, estes últimos devem dizer com precisão se o produto satisfaz as suas necessidades e possivelmente sinalizar imperfeições. Por fim, a partir dos testes realizados, a empresa pode facilmente identificar as fraquezas de seus produtos e corrigir o tiro antes da fase de lançamento.